700 adventistas paulistas recebem treinamento missionário especial

0
107

No dia 19 de maio, cerca de 700 pessoas das regiões, sul, sudeste, central, leste e do Vale do Paraíba participaram de um treinamento no Colégio Adventista de Vila Matilde, na zona leste de São Paulo. 

Por Jhenifer Costa
19 de maio de 2019

 

Desde 2014, o projeto Valentes de Davi, que reúne adventistas focados em ensinar a Bíblia e batizar pessoas, conta com mais de 900 participantes, segundo o coordenador do projeto, pastor Edimilson Lima. O projeto começou com 210 pessoas, ou seja, o crescimento foi superior a 328%. No dia 19 de maio, cerca de 700 pessoas das regiões, sul, sudeste, central, leste e do Vale do Paraíba participaram de um treinamento no Colégio Adventista de Vila Matilde, na zona leste de São Paulo.

Leia também: 

Dupla jornada

Todos os valentes, como são chamados, são paulistas e vivem uma dupla jornada na vida. Durante o dia eles trabalham em seus respectivos empregos e, à noite, dedicam horas para estudar a Bíblia com interessados. Mesmo a correria da semana não os impede de cumprir o que chamam de “chamado para servir.”

O vendendo Ivanaldo Nunes, 44, é valente desde que o projeto começou. Ele conta como conseguiu batizar mais de 60 pessoas ao longo de quase cinco anos em Mongaguá, região litorânea do estado. “Eu trabalho vendendo vários utensílios em um carro na rua. Então, cada venda é um estudo que eu ofereço. É assim que eu vou pregando sobre Deus”, compartilha.

O líder dos valentes, pastor Lima, conta que esses fiéis são “a elite missionária da Igreja Adventista.” Segundo ele, não há tempo ruim ou justificativas para não falar sobre Deus e seus milagres. “Todos precisam ouvir sobre Deus, e os valentes estão dispostos a fazer qualquer coisa para batizar pessoas”, complementa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here