Home Notícias Adventistas Crianças missionárias crescem nas redes digitais

Crianças missionárias crescem nas redes digitais

418
0

Crianças usam tecnologia para falar do amor de Deus em meio ao isolamento social

Por Fernanda Silva
21 de maio de 2020

Nasceram sabendo manusear celular, estão acostumadas a lidar com transformações rápidas, rodeados de tecnologia e conectados a um mundo globalizado. Essas são algumas características da Geração Alpha. Eles são 100% nativos digitais e nasceram a partir de 2010, muitos já atuam como produtores de conteúdo e estão ativos nas redes digitais. Ana Raquel Sales, de 09 anos, é uma Alpha e se utiliza das peculiaridades da sua geração para compartilhar as verdades bíblicas.

Oportunidade em meio a crise

Desde cedo Ana Raquel gostava de gravar vídeos e usava o celular da mãe para fazer isso. “Minha mãe dizia: Ana Raquel você tá enchendo a memória do meu celular com esses vídeos!” relembra ela. Além da facilidade com as câmeras, Ana Raquel já atuava como missionária, dando estudos bíblicos para sua melhor amiga e para os primos que passaram a frequentar o clube de aventureiros e, posteriormente, a Igreja Adventista.

Em 2019, Ana Raquel fez uma série do Primeiro Deus, um projeto da Igreja Adventista que tem como objetivo incentivar os fiéis a reservarem a primeira hora do dia para estar em comunhão com Deus. Entretanto, devido as demandas do colégio e atividades de rotina não teve como dar continuidade às gravações.

Este ano, com a crise do coronavírus, as aulas foram suspensas e Ana Raquel viu uma oportunidade de compartilhar e testemunhar do amor de Deus. “Falei para o papai que agora que estava sem aula poderíamos gravar vídeos para o YouTube sobre a Semana Santa“, explica a YouTuber. Com a autorização e supervisão dos pais, ela iniciou seu sonhado ministério. Primeiro, escolheu três amigas, montou um kit com os materiais da Semana Santa Infantil e deixou na casa das amigas não adventistas. Depois, gravou e postou vídeos diários sobre os temas dos materiais e quando a Semana Santa terminou, Ana preparou outro kit para as três amigas, só que agora com o estudo bíblico “Eu Creio” dos Aventureiros. No momento, a garota faz uma classe bíblica online em seu canal do YouTube “As Aventuras de Ana Raquel Sales”.

Ana entregando o Kit de Estudo Bíblico para amiga acompanhar as atividades do canal

Canal “As Aventuras da Ana Raquel Sales”

Atualmente, o canal “As Aventuras da Ana Raquel Sales” conta com quase 200 inscritos,  seu primeiro vídeo tem 244 visualizações, e o feedback das suas amigas à encoraja a continuar produzindo. “Minhas amigas pediam para eu gravar falando de Jesus e agora elas estão amando!” conta a missionária.

Canal do YouTube “As Aventuras da Ana Raquel Sales”

As gravações são feitas na cidade de Araguaína, no cantinho que Ana Raquel usa para estudos, no quarto de brinquedos. A equipe técnica é composta pelo pai, Wanderson da Silva, que é roterista, câmera-men e editor, enquanto a mãe atua como cenógrafa e personal stylist e a Ana Raquel apresenta o programa. A única ferramenta utilizada é um smartphone, o pai garante que está buscando melhorar os equipamentos. “Adquirimos um tripé, e queremos ao longo do tempo ir se equipando melhor”, afirma o pastor Wanderson Sales.

Leia também

Teencast auxilia adolescentes na compreensão de temas bíblicos

Iniciativas digitais facilitam o estudo da Bíblia para crianças e adolescentes

Dia da Criança adventista e dia dos aventureiros

Influência

Hoje, depois de um mês que Ana Raquel iniciou o projeto missionário no YouTube, por meio do seu canal, ela já pode vislumbrar os frutos de ser uma influenciadora. Uma exemplo é o da sua amiga de escola, Larissa Miranda, de nove anos, que não é adventista e decidiu também gravar vídeos falando sobre as histórias da Semana Santa no seu canal, seguindo o exemplo de Ana Raquel. “Ela me ligou pedindo dicas, querendo saber mais sobre a história, foi muito legal”, compartilha.

Amiga compartilhando as histórias bíblicas

Para o pai de Ana Raquel, a alegria e surpresa de ver o crescimento da filha a cada vídeo é imensa. “É um sentimento de profunda alegria e surpresa, pois a cada vídeo ela vai se superando e se desenvolvendo mais e mais”, explica o pastor Sales. Ainda de acordo com ele, a decisão dos pais em apoiar a iniciativa e desejo da filha, se deu por três principais motivos:

  1. Ser uma forma criativa da Ana Raquel aprender sobre a Bíblia – pois para apresentar ela precisa estudar os versos e ter domínio sobre eles;
  2.  Alcançar as amigas por quem ela já deseja fazer algo;
  3. Possibilitar que a mensagem de esperança chegasse de maneira mais acessível para outras crianças, na linguagem e formato que eles se comunicam.

Conheça esse projeto no canal

🎥As Aventuras da Ana Raquel

Outros pequenos missionários nas redes

Ainda com quatro aninhos, Maria Clara Aleixo ingressa no universo digital como uma missionária, ajudando a mãe, Ana Carolina a dar estudos bíblicos. Desde que o isolamento social iniciou, os pais tiveram que repensar a forma de ministrar estudos bíblicos, e passaram a fazer as gravações para os estudos virtuais. Foi então que fizeram o convite para filha e ela aceitou. “Perguntamos para ela se ela gostaria de dar estudos bíblicos para outras crianças, e ela topou o desafio”, explica a mãe, com muita alegria.

Maria Clara se preparando para gravar o estudo bíblico dos aventureiros com a mãe

As principais formas de divulgação dos vídeos utilizadas eram o Whatsapp e agora o YouTube. “A princípio era direcionado apenas para os três clubes de aventureiro do nosso distrito, por isso só usávamos o Whatsapp. Mas o pessoal pediu para também disponibilizar no YouTube para alcançar mais pessoas”, esclarece Ana Carolina.

As gravações envolvem a família toda, Ana Carolina e Maria Clara são apresentadoras, o pai, Wilson Aleixo, além de pastor, também atua como câmera-men e Ana Carolina faz a edição.  As postagens são quinzenais, a fim de facilitar para que os pais acompanhem os filhos durante os estudos.

Quando questionada sobre o que quer ser quando crescer, a resposta já está na ponta da língua “Quero ser uma missionária”, afirma Maria Clara, e ainda complementa, “quero ajudar as pessoas e fazer várias coisas para falar do amor de Jesus”.

Conheça essa iniciativa:

Crianças compartilham mensagem musical

Crianças de todo o estado do Tocantins prepararam uma mensagem especial por meio de uma canção que fala sobre esperança.

Assista:

https://sdahymnal.net/

Previous articleThe Power of the Publishing Work – Seventh-day Adventist Church
Next articlePastor Ted N.C. Wilson’s gives May 22 address to the Adventist World Church :Adventist News Online

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here