Homem curado da covid-19 conta experiência de fé após UTI

Homem curado da covid-19 conta experiência de fé após UTI

Acredito que Deus tem um novo propósito para minha salvação, e através de mim, levar a mensagem de esperança para outras pessoas

Por Samuel Nunes
16 de março de 2021

Evandro Souza, é líder de uma das igrejas adventistas em Montes Claros. É casado com Cléa Mendes Souza, pais de dois filhos, Camila e Lucas, e avô de Ingrid Isabella, Nathally Vitória e Julia Emanuelle. Na entrevista a seguir, Evandro conta como foi a experiência de ter sido diagnosticado com Covid-19. Foram 18 dias, do diagnóstico da doença até a cura. Ficou seis dias internado em uma ala para pacientes de Covid na UTI. “Eu senti o verdadeiro milagre na minha vida. Uma nova oportunidade de vida. Acredito que Deus tem um novo propósito para minha salvação, e através de mim, levar a mensagem de esperança para outras pessoas”.

Entrevista concedida ao jornalista Samuel Nunes

– Como foram os dias iniciais depois que foi comprovado que estava mesmo com Covid?

Foram dias de muita tristezas e angústias! Era uma sensação de aflição e desespero, devido os sintomas no corpo, principalmente falta de ar. Quando tive a necessidade de internar, foi um momento de angústia, pois não tinha vaga aqui em Montes Claros. Minha mãe e família ficaram todos preocupados. Minha mãe disse que teria que fazer alguma coisa! Aí minha querida esposa, que sempre esteve do meu lado cuidando de mim, que orava e chorava de preocupação comigo, entrou em contato com Lucas, nosso abençoado filho. Juntamente com nossa nora/filha, decidiram que teriam que mim levar para a cidade de Manga. A ideia era estar mais perto de mim, e assim, dar mais atenção e cuidados, devido à gravidade da situação. E mais, por também não ter vaga em Montes Claros.

– Dra. Marcela sua nora, conseguiu uma vaga para você no hospital de Manga?

Dra. Marcela conseguiu a vaga com o diretor do hospital o dr. Joaquim, que mim recebeu muito bem. Fui bem cuidado lá, graças à Deus, e conduzido na ambulância da Avelar. Luciano, um grande amigo, e diretor da Funerária Avelar, autorizou que eu fosse conduzido para essa cidade com urgência.

A ambulância foi conduzida por Dida, um grande amigo também. Dentro da ambulância estavam a minha querida e amada esposa Cléia, a minha querida cunhada Leila que é enfermeira. Lembrando que Luciano providenciou o Oxigênio pra mim conduzir até o hospital de Manga.

– Conta sobre a tomografia realizada com você já no hospital na cidade de Manga

Feita a tomografia, foi diagnosticado a gravidade do meu problema de saúde. Estava com 50% dos pulmões afetados, pressão alta, uma parte do coração do lado esquerdo maior. Como em Manga não tinham recursos suficientes, fui conduzido novamente de volta para Montes Claros, através da ambulância da Avelar.

– Como foi o retorno para Montes Claros?

Recebi no percurso toda assistência, apoio e carinho da minha amada esposa Cléa , nora/filha, onde como médica, me passava tranquilidade e cuidava de mim. Meu filho Lucas veio no carro dele, juntamente com nossa querida neta Juju. Bom ressaltar que um exército de pessoas queridas estava orando e jejuando para a minha recuperação. Vimos respostas e a providência de Deus a meu favor.  Familiares, amigos de todos os lugares intercediam para a recuperação da minha saúde.

– Conta do milagre que aconteceu dentro da ambulância no retorno para Montes Claros

Quando estava sendo conduzido de volta pra Montes Claros, o oxigênio havia acabado. Neste momento, minha nora e esposa, estavam em oração. Elas oravam e cantavam dentro da ambulância. Cantavam: “Tem alguém orando- Nadson Portugal, Cuidei de Você- Dilson e Débora, Deus cuida de mim- Kleber Lucas, Escudo Voz da Verdade…Passado um tempo, minha nora disse: Cléa, está acontecendo um milagre agora: o oxigênio acabou e Evandro está respirando sem o balão de oxigénio. A oxigenação do sangue está aumentando cada vez mais.

– E no retorno vocês pararam na cidade de Janaúba…

Paramos na cidade de Janaúba para comprar oxigênio, mas não tinha em nenhum hospital. Essa parada foi providência de Deus, pois o meu filho Lucas, que estava no seu carro, estava dormindo no volante. Quando ele parou e ficou sabendo, ele despertou, graças à Deus.

Tentamos uma vaga no hospital em janaúba, mas não foi possível. Aí mim perguntaram se eu estava bem. Se podiam continuar a viagem para Montes Claros. Eu disse que sim, pois Deus estava no comando da minha vida.

– Já de volta a cidade de Montes Claros o que aconteceu?

Através do amigo- pastor Sidney Reis, foi feito contato com o irmão Marcílio da igreja adventista do bairro Santos Reis, em Montes Claros. Ele trabalha na Upa do bairro Chiquinho Guimarães. Este disse que eu poderia ser conduzido para o Hospital Universitário. Chegamos lá não tinha nenhuma vaga. Fui conduzido para a Upa do Chiquinho Guimarães, e lá fui bem atendido pelo nosso querido irmão Marcílio. Tive todos os cuidados, graças à Deus. Logo em seguida, fui conduzido pra o hospital Aroldo Tourinho.

– Como foram os dias internado tratando da Covid

Os dias internados foram de sensação ruim, e reflexão sobre a minha vida. Claro, percebendo e entendendo que nós não somos nada sem Deus. Que Deus que deve está no comando de nossa vida, ainda mais, quando via notícias de pessoas que estava ao meu redor que não haviam resistido. Mas graças à Deus foram muitas as orações poderosas e jejuns ao meu favor. Sam…  (Samuel Nunes). Eu não imaginava o quanto era tão querido. Só de lembrar, choro de emoção e agradecimento. As orações de todos fizeram a diferença na minha vida.

– Entende que sua vida é um milagre?

Milagre não se explica se aceita. Isaías 40: 28- 31 diz: Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É inescrutável o seu entendimento. Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão, mas os que esperam no Senhor renovarão as forças….

Tem também uma música que gosto muito de cantar, é do Nadson Portugal: Voará como a Águia… Eu senti o verdadeiro milagre na minha vida. Estou tendo uma nova oportunidade para viver.

Acredito que Deus tem um novo propósito para minha salvação, e através de mim, levar a mensagem de esperança para outras pessoas; principalmente pela volta da nossa filha Camila, para os braços de Jesus.

Qual a importância dos profissionais de saúde para você?

Entendo cada vez mais que os profissionais de saúde são anjos cuidadores na salvação das pessoas. Eles são verdadeiros heróis que mesmo correndo risco de vida, estão prontos para servir, sem distinção de raça, cor, cultura e nada de preconceito religioso. O amor de Cristo os constrangem. Verdadeiros heróis na prática da religião.

 – E qual a importância da sua família?

Família para mim é tudo. Uma benção e presente de Deus. Fui muito amado e bem cuidado. Todos torcendo por mim. Foi algo que não tenho palavras para descrever. Gratidão ao amigo Paulo Anderson que ajudou a me colocar na maca, Camila a nossa filha que buscou ajuda com o Max Stanley e Mirian Faustino.

 – Qual o efeito das orações para sua recuperação?

Posso afirmar que foi a chave que moveu as mãos de Deus em meu favor. Senti o amor de Deus em cada voz clamando por mim. E o resultado: Deus agindo em meu favor. Deus está no comando de nossa vida. Louvado seja o nome de Deus.

Emoção na saída do hospital 

 

 

 

https://sdahymnal.net/

Author Image
bushbaby

Leave a Reply

Your email address will not be published.