Jovens doadores movimentam Centro de Hemoterapia em Sergipe

0
159

Por Luci Pinto
30 de junho de 2019

Jovens Adventistas do estado de Sergipe contribuíram com dezenas de doações de sangue em uma ação conjunta e solidária no último 22 de junho, no Centro de Hemoterapia (Hemose) do Estado. Durante a semana posterior ao Dia Mundial de Doadores de Sangue, foram contabilizadas – no Hemose, 361 atendimentos, totalizando mais de 250 doações. Vindos de Aracaju, Aguilhadas de Pirambu, Ribeirópolis e Nossa Senhora do Socorro, a participação de 88 jovens ocorreu dentro da campanha “Junho Vermelho”.
Em depoimento à assessoria do centro de Hemoterapia em Sergipe, o jovem Adventista Wiliams da Silva relatou: “Sempre que posso presto minha ajuda e solidariedade. Hoje realizei minha quarta doação.” Além da doação de sangue, os jovens também se prontificaram a participar de outras ações voluntárias.
As jovens Flora Soliano, 23 anos e Larissa Machado, 25, optaram em realizar a adesão ao cadastro de medula óssea. “Peguei informações e achei importante fazer o cadastro, mesmo que a chance de encontrar doador compatível seja muito remota”, comentou Flora. “Devemos ajudar sempre, por isso me cadastrei”, completou Larissa.
O pastor Denill Morais Sousa, líder jovem da Igreja Adventista em Sergipe, acompanhou a ação até o final. “A igreja é parceira dos hemocentros no Brasil. Colaboramos através das campanhas e projetos que mobilizam todos os evangélicos para esse gesto de compaixão com todos os irmãos que aguardam uma chance de cura”, destacou.
De acordo com a assistente social e gerente de Ações Estratégicas, Rozeli Dantas, a Igreja Adventista é parceira do Hemose há cerca de sete anos. Ela lembrou que os grupos fidelizados desenvolvem um papel de extrema importância para doação de sangue. “Essa mobilização do sábado vem reforçar o compromisso com o próximo e ajuda na manutenção dos estoques”, acrescentou. Ela lembra que o sangue coletado diariamente passa por análises sorológicas e depois é processado e dispensado para rede hospitalar.
A campanha foi lançada no estado de São Paulo e ganhou o status de lei estadual em 15 de março de 2017 (nº 16.386), mas passou a ser lembrada em todo o país já no mesmo ano de sua aprovação. Em junho, tradicionalmente, há a diminuição dos estoques dos bancos de sangue e, com isso, a necessidade de reposição aumenta.
Para doar, são necessários alguns cuidados, como por exemplo:
• Estar bem hidratado, e continuar a hidratação após o procedimento;
• O candidato não pode estar cansado no dia da coleta;
• Não poderá ter ingerido bebida alcoólica pelo menos 12 horas antes da doação;
• O doador deverá apresentar um documento com foto e ter um peso mínimo de 50 quilos.
Para os jovens entre 16 e 17 anos é preciso ter autorização por escrito dos responsáveis no momento da coleta. Para mais informações acesse o site www.hemose.se.gov.br ou através dos telefones (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here