Missão da Igreja Adventista está ligada à defesa da liberdade religiosa

0
76

Em todo o mundo, denominação tem trabalho para garantir liberdade de crença para todas as pessoas

Por Jefferson Paradello
21 de janeiro de 2021

Outros tipos de liberdade também passam a ser respeitadas quando se garante a liberdade de crença (Foto: Shutterstock)

Problema social que acompanha a humanidade há milênios, a intolerância religiosa ainda hoje limita a liberdade de milhares de pessoas em todo o mundo. Em algumas regiões, elas não têm o direito de viver livremente suas crenças, o que por vezes as obriga a deixar tudo para trás e fugir da perseguição, que, se postergada, pode resultar em morte.  

Leia também:

Tal situação é precedida por expressões discriminatórias, acompanhadas de ofensas e outros atos de humilhação e violênciaOs adventistas do sétimo dia, presentes em mais de 200 países, defendem a liberdade religiosa como um direito humano universal e trabalham para garanti-lo a todas as pessoasEssa é a mensagem que a denominação reforça neste 21 de janeiro, quando se celebra o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.   

“Lutar por esta liberdade é uma maneira de participar na restauração da imagem de Deus nos seres humanos”, sublinha o pastor Helio Carnassale, diretor do departamento de Assuntos Públicos e Liberdade Religiosa da Igreja Adventista do Sétimo Dia para oito países sul-americanos. Para ele, a data deve ser de reflexão e conscientização, e destinada para “renovar o compromisso de promover, proteger e defender a liberdade religiosa para todos.” 

Veja a mensagem completa no vídeo abaixo: 

https://sdahymnal.net/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here