Mutirão de Páscoa distribui 33 toneladas de alimentos a famílias afetadas pela pandemia

0
27

Durante 40 dias o projeto Mutirão de Páscoa e arrecadou e distribuiu 33 toneladas de alimentos, o que representa um total de 2575 cestas básicas.  

Por Samuel Nunes
4 de maio de 2021

 

 

 

 

 

Cestas básicas arrecadadas foram distribuídas para famílias carentes e algumas instituições
( Foto: Flávio Souza) 

Para reduzir os efeitos provocados pela pandemia, projetos são desenvolvidos pelos mais diversos segmentos com o objetivo de levar alimento, dignidade e esperança para várias famílias. No norte e noroeste de MG, a Igreja Adventista do Sétimo Dia por meio de voluntários, fiéis, pastores e administradores, promoveu durante 40 dias, o projeto Mutirão de Páscoa e distribuiu 33 toneladas de alimentos, o que representa um total de 2575 cestas básicas.

Pastor Moisés Carvalho Júnior, presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia para o Norte e Noroeste de MG, destacou o envolvimento no Mutirão de Páscoa, dos membros, pastores, servidores do escritório administrativo, da Escola Adventista e dos muitos parceiros, todos unidos em prol de uma causa, o amor ao próximo. Para o pastor, a Igreja Adventista com mais este projeto, cumpre o seu papel social, que é ajudar famílias nas suas mais diferentes necessidades.

Em Montes Claros o projeto contemplou três instituições: Pastoral Carcerária de Montes Claros, Projeto Isac que ajuda crianças em situação de vulnerabilidade e o Grupo de Apoio à Prevenção e aos Portadores da Aids de Montes Claros (Grappa).

União x resultados

Pastor Flávio Souza, coordenador do projeto, explica que mais de 2 mil famílias foram assistidas com doações de alimentos. Lembra que o objetivo foi alcançado, graças a união de esforços de igrejas adventistas no norte e noroeste de Minas Gerais.

“É um trabalho importante pois o Mutirão de Páscoa contribuiu para unir ainda mais a igreja no propósito de ajudar o próximo. Enquanto fazemos isso, cultivamos o amor de Deus em nosso coração e vivenciamos o verdadeiro cristianismo. Que isso se torne cada vez mais, algo contínuo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here